Blog

Mais uma busca em Giacciano con Baruchella (RO)

Ciao a tutti!

Em outubro do ano passado realizamos outra busca de certidão de nascimento (desta vez da família Rossi) no comune de Giacciano con Baruchella, província de Rovigo.

Já havíamos retirado uma certidão lá em dezembro/2017 e se você ainda não leu o nosso post “Conhecendo um pouco mais: Giacciano con Baruchella (RO)”, clique aqui e venha conhecer um pouco mais sobre esta cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Ponte sobre o rio Tartaro – Giacciano con Baruchella

Não deixe de acompanhar o nosso trabalho e conhecer um pouco mais sobre os lugares por onde as buscas nos levam.

Arrivederci!

Recebimento de Certidão: Vibonati (SA)

Ciao a tutti!

Em outubro/2018 recebemos a certidão de nascimento da família Di Parsia, do comune de Vibonati, pertencente a província de Salerno (região da Campania).

Vibonati - Di Parsia
Busca de certidão de nascimento pela NordItalia – família Di Parsia

A pequena cidade de Vibonati possui apenas 20,5km² de extensão e conta com 3.350 habitantes.

Vibonati
Vibonati (SA)

No ano passado, a cidade foi premiada pela FEE (Foundation for Environmetal Education – Fundação para a Educação Ambiental) com a Bandeira Azul 2018 pelas praias de Oliveto, Torre Villammare e Santa Maria Le Piane.

Bandeira Azul FEE

A Bandeira Azul é um reconhecimento internacional às cidades que respeitam determinados critérios de qualidade da água em suas praias, dos serviços oferecidos e de gestão ambiental. Saiba mais clicando aqui.

Nos meses de verão é registrada a passagem de cerca de 15.000 turistas pelas suas praias, devido às várias opções de alojamento e a ótima organização dos locais.

Com certeza vale a pena visitar estas belíssimas praias do sul da Itália!

Ci vediamo, arrivederci!

Conhecendo um pouco mais: La Valle Agordina (BL)

Ciao a tutti!

Hoje vamos falar um pouquinho da cidade de La Valle Agordina, na província de Belluno.

Stemma
Brasão de La Valle Agordina

A cidade está localizada a 800m de altitude, em um território de 48,7km² e com apenas 1.080 habitantes. A população estrangeira é de apenas 3%, sendo majoritariamente representada por cidadãos de Kosovo, Ucrânia e Croácia.

La Valle é circundada pelas Dolomitas – cadeia de montanhas deslumbrantes:

  • Monte Moiazza ao norte – 2878m;
  • Monte Framont a noroeste – 2294m;
Framont e Moiazza
Montes Moiazza e Framont (foto: reprodução)
  • Monte Zelo (ou Celo) ao sul – 2083m;
Zelo
Monte Zelo (foto: reprodução)
  • Monte Talvena ao leste – 2542m;
Talvena
Monte Talvena (foto: reprodução)
  • Cadeia de São Sebastião a nordeste, sendo os maiores picos o Tamer Grande – 2550m, o Castelo de Moschesin – 2499m, e o Alto Norte de São Sebastião – 2488m.
San Sebatiano
Cadeia de São Sebastião (foto: reprodução)

Os sobrenomes mais encontrados nesta cidade são: De Col, Da Roit, De Zaiacomo, Mezzacasa e Dell’Osbel.

Monumento
Monumento aos mortos nas guerras (prefeitura ao fundo)

Em outubro do ano passado realizamos a busca e o apostilamento da certidão de nascimento da família Andriollo e fomos atendidos por uma senhora muito gentil e atenciosa.

No nosso próximo post vamos dar um pulo lá no sul da Itália. Quer saber mais? Não deixa de se inscrever no nosso site e receber em primeira mão as novidades.

Arrivederci!

8 Marzo: Giornata Internazionale della Donna!

Ciao a tutti!

Hoje, 8 de março, é comemorado o Dia Internacional da Mulher, comumente conhecido na Itália como “Festa della Donna“.

O dia de hoje não é propriamente um dia de festa, é um momento de reflexão, para relembrar a luta incansável das mulheres pela igualdade de gênero e contra a violência feminina, mas sobretudo para recordar que ainda se há muito (infelizmente) para lutar.

8 Marzo

As origens do Dia Internacional da Mulher – falando um pouco sobre a história:

  • Em 26.02.1909, em Nova York, cerca de 15 mil mulheres marcharam nas ruas da cidade  por melhores condições de trabalho – esta teria sido a primeira celebração do Dia da Mulher;
  • Em agosto de 1910, a alemã Clara Zetkin propôs, na 2ª Conferência Internacional das Mulheres Socialistas, a criação de uma jornada de manifestações;
  • Em 19.03.1911, Alemanha, Áustria, Dinamarca e Suíça, foram os primeiros países europeus a celebrar a data. Reivindicações salariais, direito ao voto e de exercício em cargos públicos, além da eliminação da discriminação, eram os temas centrais;
  • Em 1917, um grupo de operárias saiu às ruas para se manifestar contra a fome e a 1ª Guerra Mundial, movimento que seria o pontapé inicial da Revolução Russa;
    • O protesto aconteceu em 23 de fevereiro pelo antigo calendário russo – 8 de março no calendário gregoriano, que os soviéticos adotariam em 1918 e é utilizado pela maioria dos países do mundo hoje
  • Em 1921, a 2ª Conferência Internacional das Mulheres Comunistas fixou a data de 8 de março como “Dia Internacional da Trabalhadora”;
  • Em 12.03.1922, a Itália comemorou o Dia Internacional da Mulher pela primeira vez;
  • Em 1975, foi oficializado pela Organização das Nações Unidas (ONU) o dia 08 de março como Dia Internacional da Mulher.

Mimosa: a flor símbolo do Dia Internacional da Mulher na Itália

Em 1946, a Itália se preparava para comemorar o primeiro 8 de março depois da 2ª Guerra Mundial e a “Unione Donne Italiane (UDI) – União Mulheres Italianas” (associação feminina nascida em 1944 empenhada em atividades de defesa e promoção dos direitos da mulher) era a instituição à frente da organização do evento. 

A UDI estava procurando uma flor que pudesse caracterizar este dia e a ideia da mimosa foi proposta por Teresa Noce, Rita Montagnana e Teresa Mattei, por sua floração ocorrer nos primeiros dias de março e a sua cor amarela expressa vitalidade, força, alegria e representa a passagem da morte para a vida, tornando-se assim uma metáfora para recordar as mulheres que foram mortas pela desigualdade de gênero.

Aqui, deixamos nosso agradecimento por todas àquelas que lutaram pelos direitos e pela igualdade das mulheres. Que elas sejam sempre a inspiração, para os dias de hoje e de amanhã.

Il futuro è delle donne, ci vediamo!

Todas

Conhecendo um pouco mais: Seren del Grappa (BL)

Ciao a tutti!

Hoje vamos falar um pouco sobre a cidade de Seren del Grappa, localizada na província de Belluno.

Stemma
Brasão de Seren del Grappa

A cidade se estende por um território de 62,5km², possui cerca de 2.450 habitantes e uma população estrangeira de 6%, representada na sua maioria por marroquinos, romenos e moldavos.

O território de Seren foi teatro de violentos combates entre os exércitos italiano e austro-húngaro durante a 1ª Guerra Mundial, uma vez que a frente de combate era no Monte Grappa, última fortaleza de defesa da planície veneta. Em 1923, pela coragem demonstrada pela população e pela lembrança dos sofrimentos da época, foi acrescentado o “del Grappa” ao nome original da cidade, Seren.

Monumento
Monumento aos mortos nas guerras

A cidade foi condecorada com a Cruz de Guerra ao valor militar pela Guerra da Liberação, pelos sacrifícios da população e pela atividade partigiana durante a 2ª Guerra Mundial.

Os sobrenomes mais encontrados nesta cidade são Rech, Scopel, De Cet, Bof e Fantinel.

Em outubro do ano passado, realizamos a busca de certidão de nascimento da família Rech.

Seren del Grappa - Rech2
Busca de certidão de nascimento pela NordItalia – família Rech

Fomos super bem atendidos, desde o início, pelas funcionárias da prefeitura que foram extremamente atenciosas e gentis (o que não é tão comum assim por aqui)!

Acompanhe nosso trabalho e fique sabendo um pouco mais sobre essas cidades  italianas encantadoras que nem todo mundo fala.

Arrivederci!

Pesquisa e busca de certidão de batismo: Arquivo Diocesano de Vicenza

Ciao a tutti!

Em setembro do ano passado realizamos mais uma pesquisa de certidão de batismo no Arquivo Diocesano de Vicenza.

dsc04083
Entrada do Arquivo Diocesano de Vicenza

Essa pesquisa começou em Cittadella, pois na certidão de casamento brasileira do italiano tinha-se a informação de que este era o seu local de nascimento. Cittadella pertence à província de Padova, mas tem paróquias que correspondem tanto ao território diocesano de Padova quanto ao de Vicenza – devido a antigas divisões territoriais. Após as negativas das paróquias que ficam sob a Diocese de Padova, foi a hora de irmos realizar pessoalmente a pesquisa no Arquivo de Vicenza.

Analisamos os registros das duas paróquias faltantes de Cittadella e a notícia não era boa: não havíamos encontrado o registro. Resolvemos então analisar os registros de algumas paróquias vizinhas e foi aí que encontramos o batismo que procurávamos, da família Simioni, em uma paróquia da cidade de Fontaniva (província de Padova), a 3 km do centro de Cittadella.

Vicenza (Fontaniva - PD) - Simioni
Busca de certidão de batismo pela NordItalia – família Simioni

E assim, conseguimos ajudar mais um sonho a se concretizar.

Além da pesquisa e busca dessa certidão, também realizamos o apostilamento da mesma, para seu uso em retificações nas certidões brasileiras.

20181005_111140
Certidão apostilada em Vicenza

São essas pequenas conquistas que enchem o coração de gratidão! Por isso, se pudermos lhe ajudar com esse sonho, não exite em entrar em contato conosco, é sempre um prazer!

Arrivederci!

Dia do Imigrante Italiano no Brasil

Ciao a tutti!

Hoje, 21 de fevereiro, é comemorado o Dia do Imigrante Italiano no Brasil.

Imigração Italiana

Estima-se que mais de 30 milhões de brasileiros são descendentes de italianos, a comunidade italiana possui tamanha representatividade para a construção do Brasil que esta data objetiva homenagear aqueles que iniciaram um novo capítulo da história nacional, bem como os seus os descendentes.

A lei nº 11.687, de 2 de junho de 2008, instituiu oficialmente o Dia Nacional do Imigrante Italiano no calendário de todo o território brasileiro.

A escolha desta data é uma homenagem à expedição de Pietro Tabacchi, que em 21 de fevereiro de 1874 desembarcava com mais de 380 camponeses trentinos e vênetos no Espírito Santo, levados pelo navio La Sofia. Esta data ficou marcada como o início do processo de migração em massa dos italianos para o Brasil.

Cartaz Imigração

Terras no Brasil para os italianos.
Navios com partidas todas as semanas do
Porto de Gênova.
Venham construir os seus sonhos com a família.
Um país de oportunidades. Clima tropical e
abundância. Riquezas minerais. No Brasil vocês
poderão ter o seu castelo. O governo dá terras
e utensílios a todos.

Com essa frase estampada em cartazes, o governo brasileiro convidava os italianos a partirem para o Brasil em busca de uma nova vida com suas famílias.

Toda essa campanha a favor da imigração se instaurou pois ambos os países tinham interesses em comum: o Brasil precisava repor a sua mão de obra agrícola, após a abolição da escravatura, e a Itália precisava recompor suas famílias financeiramente, depois de forte crise que se instalou no país durante os meados do século XIX e XX.

Com esse cenário de desemprego e miséria, muitos camponeses italianos zarparam para trabalharem nas lavouras do Brasil, principalmente nas regiões sul e sudeste.

Navio imigração

Eles partiram em busca de uma nova pátria e de um local que os acolhesse, partiram deixando para trás as suas famílias, os seus lares, os dias de sofrimentos…levando consigo a esperança de uma nova vida. Sabemos que ao chegarem no Brasil a realidade foi ingrata, mas eles se uniram e juntos (re)construíram árdua e respeitosamente as suas vidas!

Hoje é um dia de lembrar e admirar a coragem dos nossos antepassados, que superaram tantas dificuldades, que construíram sua base em uma nova terra, contribuindo de inúmeras formas para a formação cultural, histórica e social do Brasil.

Hospedaria dos imigrantes SP

Hoje é o dia de nos orgulharmos das nossas origens e lembrarmos que somos a continuação desta história. Sejamos bravos, como eles foram!

Arrivederci!

Recebimento de Certidão: Cervarese Santa Croce (PD)

Ciao a tutti!

Em outubro recebemos também a certidão de nascimento da família Ceron, do comune de Cervarese Santa Croce, pertencente a província de Padova.

cervarese santa croce - ceron
Busca de certidão de nascimento pela NordItalia – família Ceron

A cidade de Cervarese possui um território de quase 18km² e conta com 5.780 habitantes, é famosa pela grande quantidade de empresas produtoras de peles e pela extração de rochas magmáticas na fração Montemerlo (uma pedreira aberta no final da época romana).

cava montemerlo
Pedreira em Montemerlo (foto: reprodução)

Nesta fração encontra-se a Arena de Montemerlo que foi construída nos anos 50, baseada nos modelos dos mais famosos anfiteatros greco-romanos e inteiramente com as pedras originárias e extraídas do local. A estrutura da arena tem um diâmetro de 32m, garante uma excelente acústica e pode receber um público de cerca de 600 pessoas. Atualmente, representa o principal núcleo das atividades na cidade e de maio a setembro são organizados teatros, concertos e outros eventos culturais.

 

Em Cervarese encontra-se também a Villa Trento, datada da segunda metade do século XVI, sua construção engloba uma parte do monastério beneditino (datado do século IX) e construído para promover importantes operações de limpeza na zona circundante.

villa trento
Villa Trento (foto: reprodução)

Com o nosso trabalho temos o prazer de conhecer um pouco mais as histórias dos pequenos locais italianos que tantos não conhecem e é por isso que dividimos um pouquinho disso com vocês. A Itália é encantadora, venha conhecer!

Arrivederci!

Recebimento de Certidão: Arsiè (BL)

Ciao a tutti!

O próximo documento que recebemos em outubro foi a certidão de nascimento da família Strappazzon, vinda do comune de Arsiè.

arsiè - strappazzon
Busca de certidão de nascimento pela NordItalia – família Strappazzon

Arsiè pertence a província de Belluno, tem quase 65km², 2.275 habitantes e apenas 64 estrangeiros, a maioria representados por marroquinos.

A cidade se localiza em uma planície circundada de montanhas ao norte do Lago do Corlo, um lago artificial criado em 1954 para a produção de energia elétrica.

 

Um fato histórico que influenciou bastante na atual situação demográfica da cidade foi a emigração. A economia do local, no passado, se baseava quase exclusivamente na agricultura e com o aumento da população e do excessivo fracionamento dos terrenos, muitos cidadãos emigraram em busca de maiores perspectivas de ocupações. As migrações, iniciadas nos anos de 1800 e diretas ao Brasil e Argentina, posteriormente deram lugar a outros destinos, como EUA, França e Bélgica; a partir de 1960 esse fluxo emigratório mudou para as grandes cidades italianas, como Milano e Torino.

arsiè
Arsiè (foto: reprodução)

Os sobrenomes mais encontrados neste local são Faoro, Strappazzon, Brandalise, Dall’Agnol e Mores.

Na próxima publicação iremos mudar de província, falaremos sobre uma cidade da província de Padova. Nos acompanhe para acompanhar nosso trabalho e saber um pouco mais da Itália.

Arrivederci!

Conversão do novo modelo da CNH brasileira

Ciao a tutti!

No final da semana passada saiu uma ótima notícia para quem possui o novo modelo da CNH brasileira: a partir de 22 de fevereiro será possível solicitar a sua conversão!

cnh nova

Isto é resultado de um “acordo integrativo”, anexado ao já existente acordo entre Brasil-Itália que permite a conversão da CNH brasileira para a “patente di guida” italiana , em vigor há exatamente 1 ano (leia mais aqui).

Na Itália residem cerca de 50 mil brasileiros, e segundo o senador Ricardo Merlo, que anunciou a novidade, esse acordo é um passo em frente nas relações de amizade e colaborações entre os dois países.

É de boas notícias que gostamos, não é mesmo?

Arrivederci!