Blog

Conhecendo um pouco mais: Malo (VI)

Ciao a tutti!

Hoje iremos falar novamente sobre o comune de Malo, onde realizamos outra busca de certidão de nascimento em janeiro/2019. Então, se você não leu o nosso post anterior sobre este comune, aqui está mais uma oportunidade!

📍MALO:

▪️Comune da província de Vicenza;

▪️14.800 habitantes;

▪️7,7% estrangeiros: maioria romenos, blangadeses e moldavos;

▪️Elenca o quadro de cidade-irmã com a fundação “Città della Speranza”, que tem o intuito de melhorar a vida de crianças leucêmicas internadas por um longo período em hospitais, bem como auxiliar em pesquisas de patologias pediátricas;

▪️Elenca o “Patto dei Sindaci”, principal movimento europeu que tem as autoridades locais e regionais empenhadas a aumentar a eficiência energética e a utilização de fontes energéticas renováveis nos seus territórios;

▪️Gemellaggio: Peuerbach (Áustria);

🔝 Sobrenomes: Marchioro, De Marchi, Cazzola, Fochesato e Sbalchiero.

Podemos observar em alguns comunes a presença de um quadro similar ao da foto acima (n.4) dentro das prefeituras, no setor onde são realizados os registros civis. Esses quadros mostram os nascimentos no ano corrente que são acrescentados ao quadro no momento do registro do nascimento. No caso de Malo, em cada laço consta o nome do recém nascido. São esses detalhes que deixam alguns lugares de “simples trabalho” em um ambiente acolhedor.

Arrivederci!

Opções de reconhecimento da cidadania italiana

Ciao a tutti!

Atualmente existem três formas de se fazer o reconhecimento da cidadania italiana. Você sabe quais são?

Hoje vamos falar um pouco sobre essas três modalidades, as diferenças e vantagens de cada uma.


VIA CONSULADO:
▪️Processo: realizado no consulado italiano que tem jurisdição na cidade da sua residência;
▪️Conclusão do processo: em média 06-12 anos;
(varia entre os consulados, atualmente os mais demorados são os de SP e POA)
▪️Investimento: menor custo entre as três opções >> somente o adicional da taxa consular/requerente adulto.
!! Para quem reside em outro país: o tempo do processo via consulado/embaixada é geralmente menor do que no Brasil.

DIRETAMENTE NA ITÁLIA:
▪️Processo: realizado de forma presencial na Itália, com fixação de residência no país;
▪️Conclusão do processo: em média 03-06 meses;
(o requerente deve estar presencialmente em solo italiano do início ao fim do processo)
▪️Investimento: maior custo entre as três opções >> contabilizam-se os custos em comum com passagem aérea, seguro saúde e alimentação + moradia e contas de consumo (opção sem assessoria) OU + valor de assessoria.

VIA JUDICIAL:
▪️Processo: realizado diretamente no Tribunal de Roma;
▪️Conclusão do processo: em média 12-24 meses;
(sem necessidade presencial em solo italiano, realizado através de procuração)
▪️Investimento: os valores podem ser divididos entre outros membros da família, no mesmo processo >> opção econômica e com melhor custo x benefício entre as três.
!! A via judicial é uma alternativa contra a irregularidade das filas consulares ou para os casos de reconhecimento via materna.


Não se esqueça que as emissões, traduções e apostilamentos dos documentos, além de eventuais retificações, são valores em comum para todas as três opções, portanto, o que determina a “vantagem financeira” é o investimento para o processo escolhido em si.

Escolha a melhor opção para você e conte conosco para realizar esse sonho!

Tem alguma dúvida? Entre em contato conosco!

Arriverderci.

Conhecendo um pouco mais: Villadose (RO)

Ciao a tutti!

Hoje vamos falar sobre um comune que já apareceu por aqui e onde finalizamos a primeira busca de 2019: Villadose!

📍VILLADOSE:

▪️Pequeno comune da província de Rovigo;

▪️4.932 habitantes;

▪️5% estrangeiros: maioria marroquinos, romenos e albaneses;

▪️Atravessado pelo rio Adigetto;

▪️Faz parte do movimento “𝘗𝘢𝘵𝘵𝘰 𝘥𝘦𝘪 𝘚𝘪𝘯𝘥𝘢𝘤𝘪” desde 2016, principal movimento europeu que tem as autoridades locais e regionais empenhadas a aumentar a eficiência energética e a utilização de fontes energéticas renováveis nos seus territórios;

▪️Todos os anos no mês de junho, desde 1996, realiza-se em Villadose um evento que reconstitui a era romana na Itália através de encenações civis, militares, religiosas e científicas;

🔝Sobrenomes: Stocco, Cecchetto, Brazzo, Moretto e Pavan.

Até o próximo post! Arrivederci!

Conhecendo um pouco mais: Castelbelforte (MN)

Ciao a tutti!

Em dezembro/2018 realizamos a busca de duas certidões na Diocese de Mantova, o batismo realizado em Castelbelforte e o matrimônio em Roverbella. Hoje vamos falar um pouco sobre o comune de origem do antepassado italiano dessa família.

📍CASTELBELFORTE:

▪️Pequeno comune da província de Mantova;

▪️3.259 habitantes;

▪️14,9% estrangeiros: maioria romenos, senegaleses e marroquinos;

▪️Atravessado pelo rio Essere, o comune é rico em cursos de água, dentre estes, o canal Molinella, que era utilizado para abastecer os moinhos do território;

▪️Seu território está incluso no itinerário enogastronômico “La Strada del Riso e dei Risotti Mantovani”;

▪️Elenca o “Patto dei Sindaci”, principal movimento europeu que tem as autoridades locais e regionais empenhadas a aumentar a eficiência energética e a utilização de fontes energéticas renováveis nos seus territórios;

🔝 Sobrenomes: Rondelli, Saggiorato, Piovani, Lonighi e Braga.

Nos vemos no próximo post. Arrivederci!

Coronavírus: a Itália dividida em três zonas

Ciao a tutti!

A partir de hoje (06/11) entrou em vigor o novo decreto do governo italiano que objetiva dividir a Itália por zonas de risco, para tentar controlar a “segunda onda” de contágios pelo coronavírus.

As classificações das regiões serão reavaliadas semanalmente até 03/12 (data de encerramento do atual decreto). As zonas de risco estão divididas em três:

🟡 Zona Amarela: nível de risco baixo com medidas de restrição mais brandas.
Regiões atuais: Abruzzo, Basilicata, Campania, Emilia-Romagna, Friuli-Venezia Giulia, Lazio, Liguria, Marche, Molise, Sardegna, Toscana, Tretino-Alto Adige, Umbria e Veneto.

🟠 Zona Laranja: nível de risco grave com maiores restrições de isolamento.
Regiões atuais: Puglia e Sicilia.

🔴 Zona Vermelha: nível de risco máximo com lockdown.
Regiões atuais: Calabria, Lombardia, Piemonte e Val d’Aosta.

Lembrando que permanecem fechados: academias, piscinas, teatros e cinemas (desde o decreto do dia 24/10).

A avaliação das regiões será feita através de 21 parâmetros estabelecidos para a classificação das zonas de risco, entre eles:

▪️número de casos sintomáticos;
▪️número de recuperados;
▪️número de casos nas casas de repouso;
▪️percentual de testes positivos;
▪️tempo médio entre sintomas e diagnóstico;
▪️ocupação de leitos com base na dispobilidade efetiva.

Faremos a atualização semanal das zonas de risco nos stories, na nossa página do Instagram. Se ainda não acompanha o nosso trabalho através dessa mídia social, é só clicar aqui e começar a nos seguir. Por lá postamos muito mais conteúdo e atualizações dos nossos serviços como de outros assuntos ligados à cidadania italiana e à Itália.

Insieme ce la faremo (nuovamente). Arrivederci!

Conhecendo um pouco mais: Malo (VI)

Ciao a tutti!

O post de hoje é sobre o comune de Malo, onde estivemos na véspera de Natal/2018 para a busca de uma certidão de nascimento, que também foi apostilada.

📍MALO:

▪️Comune da província de Vicenza;

▪️14.800 habitantes;

▪️7,7% estrangeiros: maioria romenos, blangadeses e moldavos;

▪️Elenca o quadro de cidade-irmã com a fundação “Città della Speranza”, que tem o intuito de melhorar a vida de crianças leucêmicas internadas por um longo período em hospitais, bem como auxiliar em pesquisas de patologias pediátricas;

▪️Elenca o “Patto dei Sindaci”, principal movimento europeu que tem as autoridades locais e regionais empenhadas a aumentar a eficiência energética e a utilização de fontes energéticas renováveis nos seus territórios;

▪️Gemellaggio: Peuerbach (Áustria);

🔝 Sobrenomes: Marchioro, De Marchi, Cazzola, Fochesato e Sbalchiero.

Podemos observar em alguns comunes a presença de um quadro similar ao da foto acima (n.4) dentro das prefeituras, no setor onde são realizados os registros civis. Esses quadros mostram os nascimentos no ano corrente que são acrescentados ao quadro no momento do registro do nascimento. No caso de Malo, em cada laço consta o nome do recém nascido. São esses detalhes que deixam alguns lugares de “simples trabalho” em um ambiente acolhedor.

Arrivederci!

Conhecendo um pouco mais: Caneva (PN)

Ciao a tutti!

Hoje é dia de conhecer um pouco do comune de Caneva, onde realizamos a busca de certidões de batismo e casamento, em dezembro/2018.

📍CANEVA:

▪️Comune da província de Pordenone;

▪️6.371 habitantes;

▪️6,1% estrangeiros: maioria romenos, marroquinos e albaneses;

▪️A fração de Sarone é conhecida pela sua cerveja, 𝐕𝐚𝐥𝐬𝐜𝐮𝐫𝐚, produzida artesanalmente;

▪️Bosco del Cansiglio: primeira evidência de presença humana no território, constatada através de restos de um acampamento de caçadores datado de 11.000 anos a.C (descoberta de pesquisadores da Universidade de Ferrara);

▪️Parco Archeologico del “Palù di Livenza”: maior sítio arqueológico europeu com restos evidentes de um assentamento palafítico humano que durou cerca de 1000 anos;
↪️ está na lista dos “Sítios palafíticos pré-históricos em volta dos Alpes”, patrimônio da humanidade pela UNESCO desde 2011

▪️Faz parte da “Associazione Città Sane” – reconhecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS), promove a importância e o compromisso das cidades italianas nas políticas de saúde a nível local;

▪️Gemellagio: Neumarkt-Sankt Veit (Alemanha) e Meilhan-sur-Garonne (França);

🔝 Sobrenomes: Chiaradia, Poletto, Feltrin, Manfe e Cao.

Nos vemos em breve, no próximo post.

Arrivederci!

Cidadania Italiana via Materna

Ciao a tutti!

Hoje é dia de falarmos um pouco sobre…

Quando existe uma mulher na sua linhagem de ascendência direta é necessário observar o ano em que o filho/a (que continua a linha de transmissão) desta mulher nasceu.

Caso tenha nascido antes de 01/01/1948, o processo de reconhecimento da cidadania italiana deve ser feito judicialmente na Itália.

Por quê?

Antes de 1948 as mulheres italianas não possuíam direitos civis e, além disso, as que se casassem com estrangeiros, automaticamente estariam “abrindo mão” da sua própria nacionalidade para assumir a de seus maridos, e dessa forma não tinham o direito de transmitirem a nacionalidade italiana para os seus descendentes.

Isso mudou com a nova Constituição da República Italiana, que entrou em vigor em 01/01/1948, igualando os direitos entre os gêneros, porém sem efeitos retroativos, ou seja, somente os filhos nascidos a partir desta data é que puderam receber diretamente a nacionalidade italiana por via materna.

Mas calma, desde 2009 existe jurisprudência na Itália que reconhece a inconstitucionalidade desta antiga lei, permitindo que a cidadania italiana seja reconhecida para estes casos através da via judicial.

Você se enquadra nesta situação? O reconhecimento da sua cidadania italiana pode sim ser finalmente realizado! Nós trabalhamos em parceria com profissionais qualificados para atender a estes casos. Entre em contato conosco e venha fazer parte da nossa família!

Arrivederci!

Conhecendo um pouco mais: Follina (TV)

Ciao a tutti!

Hoje vamos conhecer um pouco sobre Follina, um pequeno e belíssimo comune onde realizamos a busca de certidões de batismo e casamento em dezembro/2018.

📍FOLLINA:

▪️Pequeno comune da província de Treviso;

▪️3.715 habitantes;

▪️7,7% estrangeiros: maioria romenos, marroquinos e macedônios;

▪️Faz parte do clube “I Borghi più Belli d’Italia”;

▪️Faz parte do itinerário enogastronômico “Strada del Prosecco e Vini dei Colli Conegliano e Valdobbiadene”;

▪️Elenca o movimento “Patto dei Sindaci ”, principal movimento europeu que tem as autoridades locais e regionais empenhadas a aumentar a eficiência energética e a utilização de fontes energéticas renováveis nos seus territórios;

▪️Principais atividades econômicas: industrial e artesanal;

▪️Gemellaggio: Wipfeld (Alemanha);

🔝 Sobrenomes: Beninca, Simon, Bernardi, Andreolla e De Conto.

Esse é um daqueles lugares que ganham teu coração, com tantas paisagens lindas!

Arrivederci!

Conhecendo um pouco mais: Salerno (SA)

Ciao a tutti!

Hoje vamos falar um pouco sobre a cidade de Salerno, onde realizamos a busca de certidões de nascimento e casamento, em dezembro/2018.

📍SALERNO:

▪️Capital da província de Salerno, é o comune mais baixo da província com apenas 4m de altitude;

▪️132.702 habitantes;

▪️4,4% estrangeiros: maioria ucranianos, romenos e filipinos;

▪️Localiza-se no golfo do mar Tirreno, entre a costa amalfitana e a planície do rio Sele, no ponto em que o vale do Irno se abre para o mar;

▪️Foi sede da “𝘚𝘤𝘶𝘰𝘭𝘢 𝘔𝘦𝘥𝘪𝘤𝘢 𝘚𝘢𝘭𝘦𝘳𝘯𝘪𝘵𝘢𝘯𝘢”: a primeira e mais importante instituição médica da Europa no início do período medieval;

▪️Faz parte das associações:
↪️“Città d’Arte e Cultura” – visa construir uma rede de cidades para a cooperação e circulação cultural;
↪️“Città del Bio” – tem o intuito de promover a agricultura biológica;
↪️“Infioritalia” – associação de voluntariado para promover a cultura e as tradições das “Festas das Florescidas” na Itália e no mundo;

▪️Gemellaggio: Tōno (Japão), Rouen e Montpellier (França); Baltimore (EUA), Pazardžik (Bulgária) e Legnago (Itália);

🔝 Sobrenomes: Santoro, Vicinanza, Giordano, Russo e Esposito.

Buon sabato a tutti, arrivederci!